Sexo, no frenesi.

Um tema sempre polêmico em toda cultura humana. 
Mas, como tudo que é antes de ser aceito, espreitado, analisado, onde usamos simplesmente o parecer, apoiando-se unicamente nas regras e condicionamentos dos costumes das gerações, o resultado pode ser fatal na maioria das conclusões sobre de que forma cada ser humano faz uso de sua sexualidade, ou à compreende. Ao fazer-se uma análise sobre costumes e atitudes de alguém que age, e tem um comportamento diferente do nosso, corremos o risco de sermos inconsequentes. Não vou dizer nobre, mas digo, é fantástica a sensação ao praticá-lo, como é mestra a natureza em compensar a procriação com tamanha artimanha.  Uma pena é não podermos... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário