A eterna transformação da síntese dos elementos.

Substancias no universo em constantes coligações em suas estruturas, mudam invariavelmente dando início à um meio e, à um ser inteligente, formas perceptíveis aludindo aos seus sentidos indutivos. Cosmos, conceituamos a impossibilidade da existência de algo sem haver uma razão que o provoque: Devemos entender o sentido deste principio filosófico, como razoável diante dos limites da nossa inteligencia e compreensão...   

Extermínio da expecie humana? Só há uma saida para não..


Em razão desta página estar ilegível na web exclui e reeditei.  

Em termos conceituais relativos ao tempo, com os modelos aplicados pelas civilizações aos homens, com as doutrinas já postas em práticas, não seria eu a indicar as falhas propositais. Se encontram bem nítidas pelos registros, quando verdadeiros. Excetuando aqueles, permanentemente aniquilados brutalmente por sistemas onde, seus chefes de governo, alcançaram seus postos a força, ou por posses, a probabilidade de um extermino geral é uma realidade. A terra no espaço, segue pontualmente seu itinerário, recebendo a luz do sol da mesma forma. Para o sol não existem os albinos: Para a noite, e até mesmo algumas vezes bem fria, não se dá conta dos andarilhos e cães perdidos por ai. Sem ser sábia, mas, em sequência de ebulição constante, resfriamento e estabilidade, surgiu daí, um ecossistema perfeito, inclusive, favorável às nossas vidas. Não é preciso ter frequentado uma Universidade, para ter-se noção do assentamento da crosta terrestre, onde estão envolvidas forças gigantescas, gravidade, massas, água e evidentemente a posição do planeta na Galáxia. Não se pode ignorar que a vida como a conhecemos, só foi possível em uma sequência de circunstancias, que não poderia estar ausente basicamente um ambiente propicio. Estou me referindo ao ecossistema original. Não há necessidade de se ter nível acadêmico, técnico ou mesmo noções das mais elementares em física ou geofísica, para compreender que as massas se equilibram no cosmos. A construção de grandes barragens na tentativa de adaptar a  natureza a nós e, não nós a ela, freando, acumulando as águas em porções descomunais, reterá quantidades fantásticas de volume de água resultando em peso, provocando assentamentos das crostas terrestres e com isso, todo tipo de anomalias há de se esperar e, não demoraremos a sentir a imposição da ordem natural se impondo, das massas se acomodando, a gravidade exercendo sua função : E ainda tem mais, com nossa permissão, além dos problemas já conhecidos pela poluição industrial, queimadas, desmatamento e todo tipo de conservantes em alimentos, a mono cultura; se não agirmos o mal será sem cura... A harmonia entre os humanos, o retorno do meio ambiente em um estado mais favorável para que a vida como a conhecemos, com sua diversidade, permaneça, a única garantia de sobrevivermos  é esta...Todo ser humano conscientizar-se de sua responsabilidade como ser inteligente e amadurecer urgentemente: Entender que, se fosse para um pensar por muitos, com certeza nós humanos teríamos nascidos assim; uma cabeça com vários corpos, ou como as abelhas, cada uma com sua função já programada como robôs biológicos.
Acredito que, nenhum ser humano saudável em suas faculdades mentais, sentiria prazer em ver seu próprio filho sendo desintegrado por um artefato usado em um confronto de guerra. E que não venham os sustentadores do vicioso círculo de todos ao serviço de alguns, permanecendo assim, defendendo a necessidade das guerras: Tachando aqueles que refugam a guerra como sendo covardes desertores. Existem registros e até mesmo nos dias de hoje, soldados perdidos consigo mesmos, alucinados, doentes em suas mentes, sem entender o porquê de se matarem uns aos outros…A única chance que temos de um dia não presenciarmos nossa destruição, é agirmos como dois heróis de fato que conheci, na verdade três. Antes devo dizer que para mim, foram na verdade, milagres que presenciei no presente, não como aqueles que só temos notícias que aconteceram... No passado. O primeiro, (A isso chamo de evolução humana) quando aquele cidadão chinês se interpôs frente ao tanque na praça da paz, fazendo-o parar. Também grande herói o condutor do tanque: O povo chinês deveria erguer uma estátua para eterniza-los na lembrança. O terceiro aconteceu aqui mesmo no Brasil. Um operário refutou a ordem dada a ele para derrubar um barraco construído com madeiras que abrigava uma família. Neste momento, pode muito bem, alguém tranquilo, com posição cômoda, bom rendimento dizer ou estar pensando; isso é apologia ao crime.
Entendo, está é uma maneira rápida de qualificar, julgar e colocar a opinião das pessoas contra pensamentos deste tipo. Em qual estrela está escrito como deve ser as relações entre seres humanos? A não ser, no íntimo de todos, de onde devem surgir as regras, em nenhum outro lugar encontrara ordenança. Este motivo profundo fez com que homens como os citados a pouco, quebrassem regras doentias, no instante máximo, onde o eu racional se impôs e executou a lei do bom senso. Não há outro recurso a poder ser usado para harmonizar e deixar bem os cidadãos onde quer que vivam, seja qual for seus países. A explosão direta da participação do indivíduo em todas as decisões que impliquem, sem intermediários, a segurança do planeta, a produção e distribuição de alimentos, indicações da necessidade de escolas, ( Não a forma tradicional de endeusar a cultura, ser culto não é ser sábio, a não ser na aplicação dos conhecimentos em sua devidas funções: Sabe-se, ser, as universidades, extraordinários  centros de formação acadêmica profissionalizante, tanto que, do que tem dependido a humanidade para existir mais confortavelmente, deve-se aos dedicados e incansáveis pesquisadores, cientistas e técnicos de todas as áreas .  E, por favor, não entendam como afronta ou um caso inocente de falta de discernimento de minha parte, com respeito ao que vem a seguir: Repito, aos citados ao pouco, devemos tudo de bom com certeza, do que desfrutamos em comodidade e adaptação de toda forma neste paradigma que entendemos como existir.  À eles, a penicilina por exemplo, mudou o curso da história da civilização, quantos biliões sobreviveram e vivem nos   dias atuais graças as vacinas: A anestesia desde Hipócrates, a busca pela forma de se livrar da dor, as operações de horas, como seriam possíveis sem a mesma?  Microscópio, lêiser, transplantes. Dizer que que somente os Deuses do passado eram uma verdadeira aberração para os homens, é um erro como tantos outros onde a fé cega tortura, escraviza, anula ou no mínimo retarda infinitamente o desenvolvimento.  Não nos esqueçamos que seremos vistos como, uma civilização que encontrou seu caminho ou, ainda estaremos a mercê de crenças que torturam a humanidade. Existindo com tamanha capacidade racional, a sabedoria que temos nos doa uma grande responsabilidade, a de não interrompermos o curso que o universo manifesta em suas tentativas desenfreadas, para que a vida se dê seja ser que forma for. Temos que  estar ativos para a perfeição, zelar em tempo pelo ecossistema e semelhantes, aniquilar a prepotência diante de nós mesmos e conscientizarmo-nos que, para o universo não importa a forma  linear, o perfil físico que a vida tome: Ela acontece, e se desaparecermos,  a essência da vida abitara outros corpos que a trate bem. Amadurecimento humano ao despertar, tardio que seja, mas há de vir. Quanta fé, e espera por Deuses e líderes, levaram inocentes ao sacrifico de ter seus corações arrancados, esfolados vivos, filhos e filhas tomados de seus genitores. Grande seria a lista se escrita, a nomear os tantos senhores Divinos criadores da vida que já foram adotados para tornar a existência melhor). Enfim, tudo que envolver todos no final, deve ter a participação de todos também, sem procuradores. Sempre como foi feito, como se compôs, independentemente do tamanho da população, com os sistemas e forma de os praticarem, serão eternizados os pobres e excluídos. Pois sempre existirão os sanguessugas, os ociosos articuladores de esquemas exploratórios de seus semelhantes. As melhorias, só dependem do despertar dos Deuses que somos nós, com nossas construções ou destruições, integração ou passividade.
Se não faço uso de frases com grande expressão cultural, é este mesmo o objetivo, sem parábolas, sem complexos vários sentidos; pois são objetivos os pensamentos e viáveis na prática. A internet é o maná real, (de existir) não que tenha caído dos céus, mas criada pelos homens, e pode ser a salvação de todos com a forma rápida com que são aproximados os pensadores de todos os cantos. Não se trata de pretensão ou, ser entendido como um indisciplinado, baseando meus pensamentos em motivos fúteis ou instintivos. Não tenho natureza critica destrutiva, meu passado como cidadão pode ser facilmente levantado e avaliado. Quando me refiro, ser, a única esperança de sobrevivência de nossa espécie, a integração e participação de todos igualmente nas decisões que envolvam riscos, não estou exagerando, complicando, divagando. Infinitamente diferente é, manter um animal em cativeiro e posteriormente ainda devorá-lo. A insurgência é instigada quando contrárias as necessidades de um povo, suas regras. Não resolveram e não não irão ajudar em nada os milhares de livros, os milhares de tentativas de acobertarem a possibilidade de o ser humano ter seu próprio paraíso, vivendo aqui mesmo com tudo que há disponível.  Mais alegria trás, quando uma família se encontra reunida ao comemorar algo, se comparada a um negócio que envolva interesse por posses. Quantas gargalhadas se ouvem em uma festa de aniversário, casamento, e outras tantas comemorações tradicionais. Alegria, como é simples e fácil ser livre para sorrir, ser solidário, s


Somos estrelas, só nos falta brilharmos.

A humanidade não deve, não pode permitir estas barbáries constantes, seja por dinheiro, vaidade ou ambição, a todo instante são massacradas crianças por toda parte do planeta. Uns defendendo seus princípios, suas religiões, outros, ganancia. Em guerras ou opressões, são as crianças as vítimas, pois, adultos escolhem seus líderes, seus deuses, permitem o domínio sem reação alguma: Sendo assim, não são não há vitimas nem escravos. Sejamos dignos de nosso intelecto, contribuamos de alguma forma com a cultura humana, é insuportável presenciar tanta injustiça acontecendo por todos os cantos com as crianças, com a natureza, por fim, entre racionais guerras não são necessárias a não ser que as admire, goste delas; embora com certeza não gostasse de pegar pedaços de seus filhos ou pais espalhados pelo chão, vítimas de
um artefato bélico ou sem poder socorrê-los pelas consequências das mesmas pela falta de bens de consumo elementar. Temos ai bem presente no tempo, apesar de não ser recente o estrago e menos importância dada aos povos do continente africano; instigação e manutenção de confronto entre cidadãos irmãos, tornando o país desorganizado e vulnerável à exploração de seus bens por especuladores estrangeiros. Fala-se muito de humanismo, a ONU, por exemplo, há quanto tempo já existe? E o que tem apresentado para o mundo em defesa concreta das crianças e adolescentes mortas como formigas nestes dias tristes para todos? Bem contraditórias suas atitudes tomadas, frente a problemas globais, ante aidealizada teoricamente. Seus participantes são países com ótimas estruturas econômicas ou bem próximas de se estabilizarem. Se a economia mundial é baseada no capital, como seria o comportamento de alguns de seus membros, tendo sobre controle o destino de sua nação e, influencias sobre outros países não integrantes do grupo? A bestialidade humana, casual ou pretensiosa é abissal quase sempre: Justiça; sendo admissíveis os conflitos que surgem naturalmente, aceitos como perpétuos seus acontecimentos, mantem o cidadão igualmente em uma condição de primitivismo sem possibilidades de despertar em si mesmo a condição de aprimoramento, não discernindo em sua volta o quanto poderia realizar para o bem comum. Justiça; não somente no convívio social terá importância sua presença, claro que além de internamente em um país, mas nas relações com outros também deve ser sabiamente conduzida, de uma forma a ser um bem para os seres humanos em geral. Por que mencionei justiça, em razão de ainda não ter méritos tal referencia ao dia; enquanto, causas forem defendidas por valor monetário como honorários, também em países onde se escolhem seus lideres pelas suas promessas; esta, uma mentira apregoada sendo que, nada ou pouco os mesmos conseguem fazer em seus mandatos no inicio, o fato é, quase tudo a ser posto em prática já vai estar assumido os compromissos pelos antecessores.
As referencias de um provável candidato a um cargo público deve ser seu passado, seu currículo escolar, histórico de trabalho, seu relacionamento com vizinhos e familiares, realizações ou projetos sociais em sua comunidade e, também, estudos relacionados ao cargo pretendido. Promessas estão fora da lógica da verdade, não existe compromisso em seu cumprimento e, em politica quem promete , quase sempre mente. Embora possamos mentir sobre o futuro, somente o passado não mente sobre nós; este deve ser obrigatoriamente a carta de apresentação. De nada adianta ficar aos murmúrios, batendo cabeça nas paredes, pedir aos céus então nem pensar, já existiam há muitas eras antes de nós e tudo que o integra, sem dúvida não unificam o Universo simplesmente na expectativa de atender nossos caprichosos desejos, corrigir nossas falhas que com tantas irresponsabilidades foram empreendidas. Deuses monstruosos ou belos, só combinam mesmo com nossas fantasias fabulosas. Agradecer aos céus sacrificando crianças dos outros, ou animais em nosso favor, é mais uma bestialidade ao nível das mentes atuais. Quando uma criança morre em razão de ser atingida por um artefato de guerra ou, venha ao sofrer qualquer dano físico ou psicológico, percebe-se nesta situação, uma comparação com uma oração dirigida à Deus, quando, na ocasião de, durante a prece, ser solicitada ajuda para o próprio orador em busca de quando não, bens materiais supérfluos. Algum ser humano ainda desconhece os motivos das guerras? O Universo, quase que totalmente químico, não poderia deixar de existir em nós igualmente, com a capacidade de pensarmos, podermos manipular os acontecimentos em nossas vidas: E nem sempre orações são atendidas ou garantem paz à um povo. Guera é, puramente motivada por razões para não dizer obscenas, por poder, por bens, por água e petróleo nos dias de hoje, aumento de área habitável para descendentes; escreveu uma certa vez um General; assim; A guerra é inerente ao ser humano; absurdo isto, principalmente partindo de um cidadão podemos dizer, culto; felizmente mais uma prova que, bancos de escolas ou universidades não torna seu frequentador mais sábio, esclarecido ou um humanista; não desperta em si mesmo, atitudes próprias de respeito a vida e crença, não em coisas abstratas, mas na força retida, bloqueada em todo ser humano. Podemos admitir a inerência da guerra em nós em épocas do desenvolvimento das espécies e do intelecto, não em seres condenados à não se separarem deste mal necessário em tempos primitivos. Defender a permanência delas enquanto existimos, é o mesmo que endossar a constância da criatura inteligente à um eterno jardim onde as flores atendam nossos caprichos e, as crianças sejam mortas , assassinadas brutalmente para tomarmos o que é de seus pais...  


            











Cidade de Correntina, Bahia, vá a luta pela preservação da vida e das espécies.

Cidadão correntinense, ame suas aliadas, as pequenas e ainda restantes porções de cerrado, não permitam mais destruição, não deixem que matem seus pequenos no tamanho, mas grandiosos na importância, os rios e suas nascentes.  
Da mais rudimentar a mais evoluída, toda forma de vida luta, reage frente à ameaça a sua integridade, a todo custo dá sinais incontestáveis da não especificação na criação que determine qual espécie possa servir de alimento à outra ou não: O sistema resultante de bilhões de anos da terra na diversidade das estruturas demonstra que sem dúvida o equilíbrio é necessário; se pudesses ver-me nesta tarde, não veria lágrimas em meus olhos, mas com clareza perceberia por um momento, uma forte expressão de desilusão, tudo é levado a girar em torno do dinheiro, poder, status, políticos prometendo um futuro promissor, as religiões prometendo céus para a posteridade; seria preciso dizer o que motiva e sustenta tais sistemas? Mencionar o planeta terra para lamentar o terrorismo praticado contra ela é endossado por todos nos adultos: O berço, a cama ou a rede e a vida só é possível graças ao biossistema em perfeito equilíbrio global. Não é inteligente aceitar ou estupidamente profetizar, afirmar que o fim dos tempos está certo, que tenha um fim por culpa do espírito humano. Um dia nossa galáxia pode ser extinta, vamos admitir que sim, mas isto ocorreria mesmo sem a existência dos seres humanos. A vida permanece no planeta sem os seres humanos, mas, nenhuma delas sem os vegetais que além de alimento, mantém o clima estável; espero, gostaria de estar certo, acreditar que existam muitas outras pessoas sensíveis e em comunhão com esta observação, a superfície coberta por uma vegetação com copas irregulares em dimensão e altura, controlam o vento, refrigeram a terra. Há contradição de alguns órgãos públicos nas áreas sob seu comando que reafirmam o que digo, sendo tudo por dinheiro. (IBAMA), não compartilho com a covardia da retirada de um animal de seu habitat para fazê-lo sofrer: O IBAMA sustenta bons empregos, mas, pude presenciar que na realidade, o que deve funcionar muito bem e sem contratempos é o deposito de salários de seus membros; Sem defesa, mas saliento, quando em flagrante um cidadão portando um animal, pássaro ou réptil, pode ser detido ou pagar multa, agora, se sente ou levante-se... No estado da Bahia (Brasil), milhares de alqueires, extensões inimagináveis de mata nativa, serrado, estão sendo eliminados, neste local em que estive, temos um rio que por ironia chama-se Rio do Meio, mas eu entendo, é o meio do fim; é um pequeno rio, em média uns três metros de largura, mas com forte fluxo de água, tem-se a impressão que sua água está fugindo das muitas bombas que o incomoda, ameaçando-o de no futuro ser apenas uma lembrança em uma região repleta de planícies, cortadas pelo mesmo e servindo de bebedouro para toda forma vida ao seu alcance, sem esquecer os peixes, residentes cativos: O oeste do estado da Bahia nesta região é muito quente no verão, entretanto, por dinheiro, poder e luxuria potentes tratores com grandes correntes partem em direção a destruição da criação perfeita e, fazem isso dentro da lei, autorizados pelo poder público. Onde se encontra a defesa da vida humana, do planeta e das outras espécies? IBAMA! Permites o extermínio das mais variadas forma de vida de nossas matas juntamente com elas? Adultos, filhotes, todos dizimados como se fosse um estorvo, algo sem importância. É preciso lembrar que ainda a tempo de evitar o fim da humanidade por sua própria escolha, não estou delirando não somos especiais, outras formas de vida também tentam se perpetuar e ainda, mais aptas para um planeta mais quente ou mais frio, o que não é o nosso caso: Sem esquecer-se dos insetos e vírus na agricultura principalmente, por exemplo, resistem aos compostos químicos cada vez mais potentes, retornando renovados e resistentes. Acredito sinceramente que a vida é algo além das fábulas e fantasias criadas pelos seres humanos. Existem duas realidades paralelas, aquela que finda conosco, absorvida juntamente com o ultimo suspiro ou, em um futuro se o homem amadurecer e deixar-se levar por passos firmes e conscientes; um dos paralelos é aquele onde, se entrarmos em uma floresta com animais carnívoros, seremos devorados, parece não perceberem que temos uma chama divina... No aspecto agilidade e rápida adaptação, perdemos para os vírus e dezenas de outras espécies, convivemos em um mundo onde catástrofes naturais não nos distinguem, nosso corpo tão bem cuidado se decompõe, o canibalismo não é descartável, em desentendimentos ou conflitos, não nos lembramos da dor ou frustração que o semelhante está sujeito; muito certo nas relações com as pessoas, ter mais a dividir: O outro paralelo é o que vivemos, em acordo com o consciente o subconsciente interage e reage, levando-nos a acreditar nas imagens criadas no campo imaginário, daí, por desconhecermos o que nos envolve em nossa existência totalmente, seja nos limites de nossos sentidos, como além e é certo que há muitíssimo mais; moldando a realidade fabulosa, de acordo com nossas preferências, vivemos com sonhos de acordo com nosso feitio, prova disto encontra-se no caso da dor, por exemplo, é comum a todos, crenças filosóficas não, pessoas fiéis em seus credos religiosos não sonham com símbolos ou imagens de outras correntes, nem sempre aparições são reais, nosso cérebro nos alimenta com acontecimentos, imagens e até alucinações sem sermos esquizofrênicos, seguindo nossas tendências esperantistas, dor é sólida, real, crenças já diz por si mesma, são fantasias: Fantasias podem frustrar, imaginemos um fiel com sua fé dirigida ás razões de seu credo, ao esperar por uma atenção divina, se não correspondido sentir-se-á muito mal; mas prefiro dar continuidade a este tema em particular em outra ocasião por ser muito vasto...
                                                                                  X
Hoje  08-05 2014
Um breve, mas necessário comentário sobre esta página que publiquei.
Antecipando que seu conteúdo não foi motivado por nenhuma razão particular onde houvesse fragmentos de vaidade, frustração ou puramente por não ter o que fazer de melhor: Foi pensando no planeta, pessoas, além de animais, enfim, atento ao bio-sistema ameaçado, agonizante. Fui informado de reações contrarias a este trabalho, ameaçado de levar tiros caso obtivessem meu endereço, também que não poderia mais voltar à região: Não podem os incomodados proibir meu transito pelo país, além de eu ser brasileiro, admiro a espécie humana e, mesmo pouco, o que puder vou fazer para tentar ajudar melhorar: Neste trabalho tenho a convicção que não haveria gesto mais nobre, como a de construir e manter um mundo melhor. Fica o registro.